quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O meia Zé Roberto do Grêmio afirma sofrer perseguição por evangelizar colegas

 Zé Roberto, jogador do Grêmio, diz que está na reserva do time por evangelizar colegas

O jogador Zé Roberto, evangélico, meia do Grêmio, afirmou durante um culto que sua postura de evangelismo tem prejudicado sua passagem pelo time gaúcho, onde é reserva atualmente.

Experiente e com passagens por grandes clubes europeus e brasileiros, Zé Roberto foi contratado em 2012 pelo time tricolor de Porto Alegre, e foi destaque na temporada. Este ano, com a chegada do técnico Renato Gaúcho, passou a ser reserva.

"Um jornal publicou que o motivo de eu estar no banco de reservas do Grêmio é o fato de eu estar levando a palavra de Deus aos jogadores do Grêmio. Se o motivo é esse, então eu vou ficar o resto da minha vida no banco", disse o meia durante uma palestra feita para mais de 3 mil jovens na igreja Encontros de Fé.

O pastor da igreja, Isaías Figueiró, declarou em entrevista ao GloboEsporte.com que o testemunho de Zé Roberto foi enriquecedor para os jovens, tricolores e colorados, que estavam presentes no culto.

ze roberto culto

 "Ele colocou que tem muita satisfação, ainda com 40 anos, de ter saúde e poder contribuir para um time de grande expressão. Mesmo com a reserva, ele está em paz. Foi um evento especial. Ele é um vencedor", resumiu o pastor.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário