quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Alegria na perseguição? Sim! Pois nossa força está no Senhor!

Mateus.5:10-12 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós. 
Alegria na perseguição? Sim!
Não será fácil entrar pela porta estreita e apertada.
“Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.”  É, isto mesmo que Jesus está dizendo!
Jesus nos diz que devemos exultar e nos alegrarmos com as perseguições e tribulações, porque quando passar estas provas, seu tesouro estará garantido nos céus.
Quando aceitamos Jesus como nosso salvador e passamos a crer as suas palavras Ele diz que receberemos a nossa herança celestial.
Não é de graça, como muitos pensam, que receberemos a salvação. Muitos pensam que ao aceitar Jesus a vida passa a ser as mil maravilhas, é só acreditar e pronto, num passe de mágica estará tudo resolvido. Não precisamos fazer mais nada, basta crer. É isso mesmo?! Claro que não! Teremos que provar nossa fé, ser fiel a Deus, seja nas vitórias ou nas derrotas, pois colocamos nossa crença sobre sua palavra até o fim de nossas vidas na terra. E é através das tribulações que adquirimos a perseverança, a experiência, a maturidade que irá fortalecer a nossa “esperança”, que será a prova da nossa “fé” e  confiança na Palavra de Deus.
Assim como Jó, que o diabo pediu prova da sua fidelidade. Jó 1:6-12
Assim como Pedro foi pedido para ser passado no crivo, ou peneirado, para ser "provado".
A cada dia somos provados em nosso caráter. Todos os dias somos moldados e devemos seguir nossas vidas conforme os ensinamentos de Cristo.
Para isto devemos ter ciência que tudo tem um preço, o sacrifício de vida produzido por nós mesmos. Depois de aceitarmos a vida em Cristo não devemos mais estar no meio do pecado, devemos fugir das coisas que causam tristeza para Deus.
Seremos “separados do mundo”, porém vivendo nele, procurando não cair quando passarmos por provas. Não fazer coisas que não são de Deus, e em tudo ser fiel em nossa fé.
Ainda bem que o Senhor nos dar força e nos avisa, com Sua Palavra, do perigo que corremos, lembra-nos o que é pecado, é como um sinal de trânsito avisando e dando sinal de alerta em nossa consciência do que é errado.
Aos navegantes há faróis para dar a orientação na navegação. Estes faróis estão sempre com uma luz brilhante avisando aos navegantes  sobre as pedras e quanto a proximidade da orla, ou seja, avisa-os dos perigos de naufragar a embarcação.   
Mateus 5:14-16 "Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus" 
Temos de enfrentar a tribulação: a rejeição, a contradição, a perseguição, e depois teremos que vencer a “desolação”:quer dizer tristeza profunda, sentir-se sozinho, muitas vezes fracos, abatidos, vazios espiritualmente, parecendo que tudo se acabou, desabou tudo em nossa cabeça, assim como num deserto, não resta mais nada, só “solidão”. É nas aflições, que Deus nos exorta na sua Palavra, é necessário que estejamos  preparados para isso. A revelação trás Luz da Palavra do Evangelho de Cristo sobre nós, dando coragem, força e esperança.
Devemos ser a luz do mundo, diante das tribulações, devemos mostrar as boas novas que glorificam a Deus. Assim como Jó deu prova de sua fidelidade e temor a Deus mesmo diante das tribulações devemos ser nós.
Sabemos que existe o malígno, que o tempo todo, tenta nos fazermos esfriar nossa fé e criar dúvidas usando nossos irmãos ou pais, filhos e parentes que mais amamos para tentar afastarmos do caminho de Deus.
O inimigo nos questiona para colocar dúvida em nossa mente, e usa a própria Palavra de Deus, para nos enganar.
Mas nós, conhecedores da Palavra, temos que ter a obrigação  de ensinar os novos convertidos, e não colocar pano quente ou jogar açúcar. Não!!! Pensando que vamos resolver a luta que eles terão que enfrentar na vida espiritual.
Mas, sim dizer que eles não estarão sozinhos, se depositarem sua “fé na Palavra de Deus,” que eles receberam quando creram pela fé, confiando no Senhor Jesus, assim terão forças para vencer o mundo,  vencer satanás, e vencer a morte.
Estes serão os exercícios que devemos ensinar para poderem lutar contra o pecado da  mente carnal e malígna. Porque a carne deseja tranqüilidade, não deseja lutar contra os vícios, contra o pecado, desejos habituais .
Eles terão por si mesmo o trabalho de arrancá-los do coração (mente), fugir do pecado, o Espírito Santo vai ajudá-los dando forças, dando luz na Palavra, mas não vai tirar pela força e nem por violência, será pela a fé que depositarem na Palavra de Deus. E assim será para obtermos a cura das doenças de nosso corpo, para obtermos os dons do Espírito Santo, somente através da fé que depositamos na “Palavra de Cristo Jesus”.
Apocalipse 3:5-6 “O vencedor será igualmente vestido de branco. Jamais apagarei o seu nome do livro da vida, mas o reconhecerei diante do meu Pai e dos seus anjos. Aquele que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.”
As provações virão para que todas as pessoas sejam fortalecidas, amadurecidas, mas não deverão cair na tentação, procurar se livrar, fugir do pecado, com a “Palavra” que já deverá estar gravada em sua consciência daquilo que não deve praticar.
Se já arrependemos do pecado, se fomos lavado e purificado no sangue, não devemos mais praticar o pecado!
O apóstolo João foi preso inocentemente por causa do Evangelho, sem a visão física por causa da sua velhice, um corpo cansado sem forças que nesta vida todos passam ele lutou espiritualmente até a morte. E viu ainda nesta vida o céu aberto, e lhe foram reveladas coisas maravilhosas, importantes para deixar para todos aqueles que estavam passando pelas mesmas provações, tribulações, perseguições.
Disse lhe Jesus: Diz as minhas Igrejas que precisam “Vencer”, as perseguições, vencer as traições, vencer as tentações do diabo, vencer a dor, vencer as doenças, as tribulações, vencer o orgulho, vencer a idolatria, vencer o comodismo.
Devemos ser Vencedores aqui na terra para a garantia de vossa fé diante de Deus nos céus. Sem fé e santificação é impossível agradar a Deus.
Venha para Jesus!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário