quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Senhor, eu quero ser segundo o teu coração!!

A palavra de Deus fala que Davi foi um homem segundo o coração de Deus (1 Samuel 13:14), quando o rei de Israel ainda era Saul, Deus falou atraves dos profetas que ele vinha pecando contra Deus, mas ele proceguia com seus erros. Foi quando Deus viu um jovem pastor de ovelhas que tinha um bom coração e mandou o profeta Samuel ungir este rei de Israel.
Durante correr da história de Davi como rei, ele fez coisas boas para seu reino, mas também cometeu atos impuros perante Deus, pecou e assim como Saul recebeu as consequências destes pecados. Porém havia neste moço algo diferente de Saul, era seu coração quebrantado ao ouvir a voz de Deus, este coração arrependido e humilde que chamou a atenção de Deus para que ele fosse um bom governante.
Na passagem de 2 Samuel 12, conta uma ocasião o Senhor enviou o profeta Natã para falar com Davi. O profeta Natã começa contando uma história:
“Havia numa cidade dois homens, um rico e outro pobre.O rico possuía muitíssimas ovelhas e vacas. Mas o pobre não tinha coisa nenhuma, senão uma pequena cordeira que comprara e criara; e ela tinha crescido com ele e com seus filhos; do seu bocado comia, e do seu copo bebia, e dormia em seu regaço, e a tinha como filha. E, vindo um viajante ao homem rico, deixou este de tomar das suas ovelhas e das suas vacas para assar para o viajante que viera a ele; e tomou a cordeira do homem pobre, e a preparou para o homem que viera a ele. Então o furor de Davi se acendeu em grande maneira contra aquele homem, e disse a Natã: Vive o SENHOR, que digno de morte é o homem que fez isso. E pela cordeira tornará a dar o quadruplicado, porque fez tal coisa, e porque não se compadeceu. Então disse Natã a Davi: Tu és este homem.”
Davi ficou muito espantado com o que ouviu do profeta que esplicou a Ele o que Deus queria falar para ele. Natã falou a Davi que Deus havia o ungido rei sobre Israel e ainda o livrou das mãos de Saul, e ainda deu a casa que era do Rei Saul para Davi morar e as mulheres que ele queria, e questionou a Davi se tudo que o Senhor havia dado para ele era pouco. Afirmou para Davi que ele despresou a palavra do senhor fazendo mal a família de Urias (soldado do reino) o colocando na linha de frente na batalha para que morresse e não soubesse que Davi havia tomado a esposa de Urias para mulher e que desta relação a mulher ficou grávida de Davi. E disse as seguintes palavras:
“Agora, pois, não se apartará a espada jamais da tua casa, porquanto me desprezaste, e tomaste a mulher de Urias, o heteu, para ser tua mulher. Assim diz o SENHOR: Eis que suscitarei da tua própria casa o mal sobre ti, e tomarei tuas mulheres perante os teus olhos, e as darei a teu próximo, o qual se deitará com tuas mulheres perante este sol. Porque tu o fizeste em oculto, mas eu farei este negócio perante todo o Israel e perante o sol. Então disse Davi a Natã: Pequei contra o SENHOR. E disse Natã a Davi: Também o SENHOR perdoou o teu pecado; não morrerás.”
As vezes agimos como Davi, cometemos os nossos erros e tentamos esconder para que ninguém saiba quem nós somos e o que fizemos, mas esquecemos que Deus está nos vendo e que as consequências dos nossos atos virão cedo ou tarde. Pode até ser que ninguém fique sabendo, ou que nenhum profeta venha nos revelar, mas o Senhor sonda nossos corações e conhece todos os nosso pensamentos e intensões. Mas se agente se arrepender e nos prostrarmos diante de Deus, Ele é fiel e justo para nos perdoar. Visto que hoje somos cobertos pelo sangue de Cristo que se sacrificou por nossos pecados e pela graça que há em cristo Jesus, somos livre do pecado. Se Você está com peso em seu coração por algo que você fez, lembre-se que se você crê que Cristo é o seu salvador você já está livre do seu pecado, confesse-o e declare com sua boca que está arrependido, então o pecado não terá mais poder sobre você! Vá e não peques mais!
Davi, após ter se arrependido do seu erro, escreveu um salmo, o qual oriento a vocês lerem como uma oração.
Salmos 51
[Salmo de Davi para o músico-mor, quando o profeta Natã veio a ele, depois dele ter possuído a Bate-Seba]
“Tem misericórdia de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas transgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares. Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe. Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria. Purifica-me com hissope, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve. Faze-me ouvir júbilo e alegria, para que gozem os ossos que tu quebraste. Esconde a tua face dos meus pecados, e apaga todas as minhas iniqüidades. Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto. Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo. Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário. Então ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores a ti se converterão. Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua louvará altamente a tua justiça. Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca entoará o teu louvor. Pois não desejas sacrifícios, senão eu os daria; tu não te deleitas em holocaustos. Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. Faze o bem a Sião, segundo a tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém. Então te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos e das ofertas queimadas; então se oferecerão novilhos sobre o teu altar.”
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário