segunda-feira, 7 de novembro de 2011

"No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo" (João 16.33)



Às vezes temos a sensação de que a nossa vida não sai do lugar, é como estivéssemos andando em círculos e sempre vendo a mesma paisagem... Isso gera em nós aquilo que chamamos de desânimo. Simplesmente sentimos menos vontade de sair para trabalhar, menos vontade de lutar pelo casamento, e o que mais preocupante é que sente menos vontade de servir ao Senhor.
Temos o sentimento de que não gostaríamos de sentir isso dentro de nós, mas é algo que vai dominando. E nos perguntamos: por que isso está acontecendo?



Talvez algumas pessoas culpem quem está em sua volta, ou quem sabe a si mesmo, ou até mesmo culpe Deus.



Digo a vocês que ninguém é culpado por isso, e Jesus foi bem claro quando disse que no mundo passaríamos por aflições, ele nunca nos mentiu, mas nos afirmou que seriamos odiados pelo seu nome. Mas nos deixou promessas se nos mantivermos firmes até fim.


Queridos irmãos, sei que não é fácil resistir a esse sentimento! Na verdade é um espírito que perturba as pessoas e o que você tem de fazer é orar e repreendê-lo em nome de Jesus. Se você não consegue fazer isso sozinho, procure um irmão para ajudá-lo em oração, confesse o que está lhe abatendo, pois o senhor é fiel, ele vai te ajudar!



Se você, que está bem e que conhece alguém que passa por essa situação, que vive em depressão, ajude-a, console-a, interceda, pois está escrito em Isaías 35:



“Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes.
Dizei aos turbados de coração: Sede fortes, não temais; eis o vosso Deus! com vingança virá, sim com a recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará”.
(Isaías 35:3-4)



E você que está abatido e desanimado, tenha fé na palavra do Senhor teu Deus, ele tem poder para te tirar dessa situação, procure ajuda e se apegue na Palavra de Deus, medite em Josué 1:9.


“Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares”.
(Josué 1:9)
Graça e paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário