domingo, 9 de outubro de 2011

TODOS SOMOS UM


Nos perguntamos, porque há tanta divisão nas igrejas. Viriam de Deus estas divisões? Porque as Igrejas não se unem em uma só? 

A palavra de Deus não se refere a divisão da igreja no sentido de denominações e placas de igreja, mas sim a divisão através de intrigas e ressentimentos. A igreja de Deus abrange a todas as denominações, todas as igrejas que professam que Jesus Cristo é Deus e que se fez carne veio a terra e morreu para pagar os nossos pecados e salvar àqueles que o buscarem em espírito e em verdade, as igrejas de Deus.
Se uma denominação não aceitar outra mesmo que ambas professem a mesma fé que a bíblia ensina, elas estarão divididas pela divisão pessoal.
A bíblia não nos fala que Deus teria dado autoridade a um homem para “abrir” igrejas. Deus nunca deu autoridade pra ninguém fazer isso, Deus nunca mandou ninguém reter terras para si, Deus não criou religião, Deus nunca se preocupou com o tipo de carro que você tem ou a casa que você tem, isso saiu da cabeça de um homem. O que a bíblia nos diz é o seguinte:

Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. (Mateus: 18-20)
Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte. (João 8:51) 
Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas; Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais. (1Timoteo: 6:3-5) 

O que acontece é que na liderança de algumas igrejas existem pessoas que distorcem a palavra de Deus, ao final no dia do juízo com certeza estes serão cobrados. 
O que se divide não é de Deus e sim do homem, Jesus edificou sua igreja sobre Pedro e todo aquele que estiver em comunhão com Jesus Cristo fará parte desta igreja

Nenhum comentário:

Postar um comentário